3 Soluções para internet das coisas na segurança

3 tecnologias de segurança baseadas em internet das coisas

A internet das coisas (IoT) já está presente em nossas vidas e nós sequer percebemos: eletrodomésticos que coletam e enviam informações, sensores de portas para controlar horários de chegada e saída dos filhos e dispositivos de som e calor acionados remotamente são algumas das tecnologias que já estão no mercado.

Se por um lado elas oferecem conforto e praticidade, por outro também podem oferecer maior segurança a empresas e locais de grande fluxo de pessoas. Podem ainda, ser aplicadas em condomínios residenciais e nas próprias residências, reforçando outros métodos de mitigação de riscos.

Que tal conhecer quais tecnologias de segurança já fazem uso da internet das coisas?

Sistemas de monitoramento por câmeras

Os tradicionais sistemas de monitoramento por câmeras já podem ser operados via internet das coisas. As câmeras captam as imagens e transmitem-nas para uma central de inteligência via internet, sem necessidade de cabeamentos e infraestruturas de alto custo.

Essa tecnologia facilita muito a implementação ou expansão de sistemas de monitoramento, permitindo ainda que os dispositivos de captura de imagens sejam realocados sempre que necessário.

As câmeras podem ser operadas remotamente, fazendo zoom ou então mudando o ângulo de filmagem, a fim de monitorar com maior precisão ambientes de alto risco.

Sensores de movimento

Os sensores de movimento também funcionam a partir de IoT. Tecnologias de segurança atuais permitem que pequenos chips, do tamanho de botões, sejam distribuídos por áreas internas e externas e enviem sinais de qualquer movimento para sua central de segurança.

Assim, é possível monitorar armazéns, parques industriais, conjuntos comerciais e residenciais com muita facilidade. Uma vez que o sensor de movimento dá o alerta, uma equipe tática pode ser deslocada para verificar a ocorrência ou então câmeras operadas por IoT podem ser reposicionadas remotamente para verificar se há mesmo perigo.

Locais em que o acesso é restrito, como setores de pesquisa e desenvolvimento, por exemplo, podem beneficiar-se desse tipo de dispositivo e evitar o roubo de propriedade intelectual.

Segurança interna por webcams

De acordo com o Global Fraud Study, empresas de médio porte perdem cerca de 5% de suas receitas anuais em decorrência de fraudes internas. Em escala global, são desviados mais de 3,7 trilhões de dólares ao ano.

Além dos impactos financeiros causados pelo desvio de dinheiro, existem os impactos sociais, como baixa estima da equipe, pressão por denúncias internas e clima organizacional pesado.

Uma forma de inibir esse tipo de atitude é utilizar as webcams de notebooks e as acopladas a desktops como dispositivos de segurança. Você pode inserir sensores de movimento nas portas dos escritórios e conectar o alerta desses dispositivos ao acionamento das webcams.

Assim, qualquer tentativa de roubo de dados, uso indevido de senhas de acesso para desvios de dinheiro e outras ações suspeitas podem ser filmadas em tempo real.

Segurança é um dos assuntos mais debatidos no mundo empresarial. Afinal, preservar seu patrimônio é construir o futuro do seu negócio com tranquilidade.

Na hora de escolher seu fornecedor de tecnologias de segurança, não deixe de conversar com a equipe da Alert System!