5 dicas para manter seus pertences em segurança em aeroportos

Você já percebeu a infinidade de matérias sobre furtos e roubos em aeroportos? Para não estragar o momento de uma viagem, quer você esteja a lazer ou a negócios, é importante conhecer medidas para manter seus pertences protegidos. Confira o post e saiba mais!

5 dicas para manter seus pertences em segurança em aeroportos

Você liga a TV e o canal de notícias mostra a seguinte cena: em um aeroporto, uma pessoa se distrai atendendo a um telefonema e, disfarçadamente, alguém passa e troca sua mala por outra parecida. Sem que a pessoa perceba, seus pertences foram levados e substituídos por um peso qualquer.

Esse é apenas um exemplo dos problemas que podem acontecer nos aeroportos. Como visto, é fácil entender que você, pessoa interessada em manter seus bens em segurança, precisa redobrar a atenção e os cuidados para evitar furtos e roubos.

É sobre isso que falamos no post de hoje, com 5 dicas para garantir a sua proteção. Confira!

 

#1. Identifique as suas bagagens

A identificação de bagagens é crucial para quem viaja. Isso porque, antes mesmo de se preocupar com a segurança dos pertences, é preciso garantir que seja possível distingui-los dos pertences de outras pessoas.

Considerando principalmente o momento de recolher a bagagem na esteira após o desembarque, tornou-se perceptível como contar com adereços que facilitem seu reconhecimento. É interessante ressaltar que esses adereços (fitas coloridas, adesivos e outros) contribuem para evitar que trocas, como a do exemplo inicial do post, aconteçam.

Além disso, a identificação tradicional, com nome do proprietário e informações de contato, deve ser colocada também no interior da bagagem. Assim, caso a tag do lado de fora se desprenda ou seja retirada, ainda há outra forma de comprovar a propriedade da bagagem.

 

#2. Proteja seus pertences e bagagens

Se você fizer uma breve pesquisa na internet, encontrará vídeos que mostram como é possível abrir uma mala fechada com cadeado. Isso acontece quando esse cadeado não é preso em um ponto fixo, permitindo o deslocamento do zíper. Se sua mala não favorece a fixação do cadeado, o uso do filme plástico é interessante porque denuncia qualquer tentativa de abertura.

Além disso, é importante estar atento aos demais pertences que não são despachados e manter bolsas e mochilas devidamente fechadas. O cuidado com o que carrega nos bolsos de calças e casacos também é fundamental.

 

#3. Mantenha seus pertences sempre por perto

Antes de despachar suas malas, certifique-se de sempre mantê-las por perto e à vista. Evite até mesmo pedir a supervisão de desconhecidos caso pareça uma alternativa mais fácil em momentos como ida ao toalete ou filas para lanchonetes.

O mesmo cuidado vale para o momento posterior ao despacho das bagagens. E aqui vale ressaltar a atenção ao smartphone, carteiras, notebooks, tablets e quaisquer outros pertences de valor que não podem ser esquecidos ou “abandonados” em mesas ou bancos do aeroporto.

Caso decida carregar um equipamento junto aos totens espalhados pelo local, mantenha-se sempre por perto e fique atento à ação de quem se aproxima.

 

#4. Tenha atenção à movimentação local

Ter atenção à ação e comportamento das outras pessoas é uma estratégia de segurança que já devemos adotar diariamente e que também vale para o ambiente dos aeroportos.

O contexto do aeroporto (cenário de viagens de avião, voos nacionais e internacionais, pessoas formalmente vestidas para o trabalho, presença de estrangeiros que chegam, etc) tende a gerar uma falsa ideia de maior segurança.

Para a maioria, estar em um aeroporto não é rotina e, por isso, o ambiente tende a parecer tão diferente de outros do dia a dia. Não se deixe levar por essa ideia e permaneça sempre atento à aproximação de pessoas e à movimentações suspeitas.

 

#5. Seja discreto

Manuseie seu dinheiro com cuidado e discrição, prefira fazer o câmbio de moedas previamente e fora do aeroporto, não disponha todos os seus eletrônicos sob mesas ou bancos.

Tendo em mente a ideia de que o aeroporto compartilha de riscos já conhecidos pela sociedade, evitar chamar a atenção para si é importante.

Você gostou das dicas? Compartilhe este post nas redes sociais!

Ebook grátis – clique e baixe o seu.