Análise de Vídeos

Análise de Vídeos? Saiba como tirar mais proveito das transmissões

As inovações tecnológicas e novos avanços em matéria de conectividade estão modificando totalmente o uso de aparatos que, até outro dia, possuíam funções únicas e limitadas. Mais do que uma renovação das ferramentas em si, o que percebemos hoje é o fato de que soluções em sistemas, aplicativos e análises estão incorporando outras tecnologias em seu funcionamento.

O que isso significa? Que algo tão específico como uma câmera de segurança pode ajudar a desempenhar outras funções quando se alia a outros recursos, como programas de análise de vídeos.

No artigo de hoje, vamos ver como esse tipo de possibilidade vem ganhando espaço e crescendo.

#01 Analítica para todo mundo

As análises dos conteúdos dos vídeos percorreram um longo caminho nos últimos anos no que se refere às novas possibilidades e capacidades. Antes, processar tanta informação dependia de potentes sistemas, servidores e infraestrutura geral. Atualmente, algumas tarefas já podem ser feitas por equipamentos mais acessíveis.

Isso significa que, agora, em função da evolução dos motores de análise (analytics engines) e poder de processamento dos servidores que controlam as câmeras, os dados podem ser usados para várias funções, como comentamos no artigo sobre “benefícios além da vigilância”. As análises podem correr na câmera (“on the edge”, em inglês) ou nos sistemas de controle.

#02 Processamento on the edge

A evolução dos equipamentos tem permitido que algumas análises possam ser feitas diretamente nas câmeras, o que reduz de forma significativa a necessidade de contar com servidores externos mais potentes e muita capacidade de processamento. As análises baseadas on the edge (na câmera) permitem que alguns tipos de imagens só sejam enviadas quando o algoritmo de análise identifique a necessidade.

Em função do moderno processamento das câmeras, uma análise pode ser programada para conectar com aparelhos específicos, como smartphones ou com o sistema nativo de monitoramento. Nas câmeras IP, o conceito de analytics pode ser incorporado ao aparelho em si, o que antes só podia ser feito por sistemas particulares e infraestrutura externa.

#03 Video BI (Business Intelligence)

Na “era analógica”, os aparelhos de vigilância serviam unicamente para solucionar problemas de segurança e vigilância direta. Agora, as câmeras e sistemas de monitoramento podem ser usados como uma ferramenta de Business Intelligence (Inteligência em Negócios).

Quando analisamos as informações dos vídeos, podemos escolher o tipo de informação de saída para dar suporte aos departamentos de, por exemplo, marketing, segurança e até de recursos humanos. Entre outras funções, podemos monitorar o tráfego de pessoas, criar mapas de fluxo mais intenso e, inclusive, acionar mais pessoal quando houver muitas filas em um estabelecimento comercial.

#04 Melhor processo de tomada de decisões

Se as câmeras podem contribuir com a automação de informações que antes precisavam ser obtidas através da observação permanente das imagens, todo esse novo conjunto de possibilidades deve ser usado para entender melhor os contextos monitorados.

Operadores de sistemas de monitoramento e as empresas como um todo podem se beneficiar de dados exportados com facilidade. Quanto melhor forem as ferramentas de análise, mais confiáveis serão as informações e isso permite que decisões sejam tomadas de forma mais assertiva.

A Alert System está sempre em busca das melhores informações e desenvolve os recursos mais eficientes para que seu patrimônio esteja protegido 100% do tempo. Conheça nossas soluções em segurança e entre em contato com nossa equipe para receber mais informações sobre as possibilidades disponíveis para seu projeto.