BOICOTE INDUSTRIAL, UM MAL REAL

BOICOTE INDUSTRIAL, UM MAL REAL

Você provavelmente já ouviu falar sobre “Boicote”, o que muitas pessoas não sabem é que boicote industrial vem sendo uma das maiores causas de falência empresarial nos últimos tempos.
Mas o que é boicotar? Segundo o dicionário Boicote ou boicotagem é um ato de abstenção voluntária e intencional de usar, comprar ou lidar com uma pessoa, organização ou país como expressão de protesto, geralmente por razões sociais ou políticas.

Infelizmente todas as empresas estão sujeitas a passarem por um boicote, seja de funcionários, ex funcionários, clientes, ou um nicho especifico da sociedade que vai de contra a politica da sua empresa.
Recentemente tivemos um exemplo não confirmado de boicote, o caso da cervejaria Backer em Belo Horizonte, cuja o qual foi encontrado em sua cerveja um elemento químico extremamente perigoso que levou a morte de 7 pessoas e outras varias ficando em estado grave. Pouco menos de um ano antes a Backer havia realizado um boletim de ocorrência contra um ex-funcionário, após o acontecido muitos falaram da suspeita de boicote.
Apesar de não termos a resposta sobre realmente o que aconteceu no caso Backer, sabemos que situações desagradáveis e que podem colocar nossa empresa e terceiros em risco acontecem diariamente, levando a danos estratosféricos tanto financeiro quanto humano.
Quando tocamos em um assunto tão delicado, sempre surge a pergunta, e como nos prevenir?! Pergunta ampla, já que hoje as empresas estão cada vez mais empenhadas em garantir a qualidade e evitar danos futuros.
Mas você sabia que um dos principais aliados nessa prevenção pode ser a tecnologia? Sim, a tecnologia hoje é capaz de minimizar os números de boicote e erros industriais ao máximo. Ferramentas personalizadas que avaliam riscos, câmeras inteligentes de controle, automação industrial, processos informatizados entre tantas outras ferramentas que podem nos auxiliar neste objetivo.
Mais que um simples investimento, mas uma preocupação em prol de garantir a sustentabilidade da empresa e a reputação da marca, redução de acidentes e responsabilidade social.
Se hoje você está a frente de uma empresa, ou enxerga as principais falhas que poderiam levar a sua empresa a um acidente, pesquise sobre as novas ferramentas, procure empresas especializadas, descreve sua situação seus medos e riscos e com isso modernize sua empresa, invista em segurança e tecnologia para evitar problemas futuros, afinal não sabemos quando podemos ser vitimas de uma situação assim.