Certificações em Security em TI: conheça as principais!

Certificações em Security em TI

Certificações em Security em TI: conheça as principais!

O mercado da TI está em expansão, sobretudo em razão da crescente demanda por soluções de segurança da informação. Nesse cenário, para empresas ou profissionais da área, é importante conseguir se destacar e conquistar notoriedade.

E é aí que entram as certificações em Security. Elas servem para qualificar os seus serviços das empresas e conquistar os clientes ou para comprovar a capacitação de profissionais que atuam nessa área.

Para tanto, é interessante dar enfoque às principais certificações disponíveis. E é justamente sobre elas que tratamos neste post. Acompanhe!

CRISC — Certified in Risk and Information Systems Control

A CRISC é oferecida pela ISACA, renomada organização internacional que atua no ramo da segurança da informação. É reconhecida pela ANSI, a American National Standards Institute, e pela ISO / IEC 17024, que normatiza organismos que fazem a certificação de pessoas.

Tem por objetivo reconhecer  profissionais capacitados a projetar, implementar e manter um sistema de informações que minimize os riscos em ambiente corporativo. E é considerada como a certificação mais valorizada do mercado.

Para obter a CRISC, é preciso ter experiência comprovada em diferentes áreas como identificação e monitoramento de riscos, resposta a riscos, implementação de controles de sistemas de informação e sua manutenção.

 

ITIL — Information Technology Infrastructure Library

A ITIL é a certificação que comprova a capacidade em otimizar a gestão de serviços em TI, de acordo com as melhores práticas adotadas pelo meio.

Essa gestão otimiza a infraestrutura de segurança e promove o uso adequado das tecnologias de TI. A ideia é alinhar soluções como os serviços em nuvem ou de automação de processos às necessidades de um negócio.

A certificação, que tem níveis foundation, intermediate, expert e master, comprova a capacidade do gestor em garantir o uso estratégico da TI. O que o mostra capaz de fazer com que a área contribua para o crescimento e sucesso de uma organização.

CISSP — Certified Information Systems Security Professional

Direcionada para a já referida área da segurança da informação, a CISSP está entre as mais valorizadas certificações de TI no momento.

Ataques cibernéticos que levam, sobretudo ao roubo de informações. Situação que destacamos no post Saiba quais são os principais tipos de sequestro de dados. As ameaças desenvolvidas com este fim são poderosas e, por isso, a atuação de especialistas capacitados a combatê-las ganha destaque no mercado.

Para realizar esse trabalho, é preciso otimizar a infraestrutura de segurança locais, adotando medidas assertivas de proteção. O nível de conhecimento para essas operações pode ser comprovado com a certificação, que tem por objetivo credenciar o profissional como expert no assunto.

Por isso, a CISSP é destinada a quem tem, no mínimo, três anos de experiência como gerente de segurança e cinco anos de atuação na área.

AWS — Certified Solutions Architect (Associate)

No último ano, os serviços em nuvem cresceram 51,7% no Brasil e a tendência é de que essas soluções se façam cada vez mais presentes. Para os especialistas nesse ambiente em nuvem, a certificação AWS é um diferencial relevante.

A Amazon Web Service é a principal referência nesse segmento. Sua certificação se destina a profissionais com o mínimo de um ano de experiência em projetos de aplicações e sistemas distribuídos em sua plataforma.

Demanda também o domínio de ao menos uma linguagem de programação, e experiência na adoção de um ambiente híbrido. Além de comprovado conhecimento das melhores práticas no uso da nuvem em favor da segurança da informação.

Gostou do post? Cadastre-se em nossa newsletter e receba as novidades de nosso blog diretamente em seu e-mail!

 

8 tendências em segurança para implementar até 2020