Mandamentos da prevenção de perdas

Mandamentos da Prevenção de Perdas

Mandamentos da prevenção de perdas

Quem atua na indústria sabe que o resultado financeiro final de uma empresa é um compilado de inúmeros fatores, que envolvem desde a cadeia produtiva, distribuição e logística, até aspectos humanos, como o gerenciamento de pessoal e a produtividade individual.

Neste contexto, existem inúmeros momentos onde podem acontecer falhas, sejam elas humanas ou técnicas. E, como diz o ditado, “uma corrente é tão forte quanto o seu elo mais fraco”. Justamente por isso, é fundamental determinar uma política de prevenção de perdas!

Quer entender melhor, então continue lendo!

O que é a prevenção de perdas?

Chamamos de “perda” todos os gastos desnecessários que podem ser evitados em uma cadeia produtiva industrial. Seja no estoque, no furto de produtos (internos ou externos) ou em falhas na distribuição, para que uma empresa mantenha seus lucros é fundamental determinar uma política de prevenção e agir antes que as falhas ocorram.

Pensando nisso, criamos alguns “mandamentos” para orientar os gestores e ajudá-los a desenvolver a política que melhor atenda às suas necessidades específicas, confira:

1- Utilizarás a tecnologia

Nosso primeiro mandamento poderia ser algo como “abandonarás as planilhas de Excel”, mas acreditamos que o problema é mais abrangente. A tecnologia nos permite utilizar diversos softwares de controle e gestão que dificultam (ou tornam impossível), roubos e desvios de produtos.

Além disso, sistemas inteligentes para monitoramento os melhores softwares do mercado oferecem uma gestão integrada, onde é possível controlar em uma mesma interface o estoque, as vendas, compras, logística de distribuição e até mesmo os resultados individuais dos colaboradores. Por isso, conte com a tecnologia!

2- Criarás métricas e processos internos

Para que você possa aproveitar o máximo que a tecnologia tem a oferecer é muito importante criar processos e métricas claras no seu negócio. Afinal, como os gestores poderão identificar os pontos de perda sem ter controle total sobre a atuação de cada área ou setor da indústria?

Documente tanto as métricas quanto os processos, dessa forma, todos os colaboradores saberão o que é esperado deles. Em paralelo, oriente os responsáveis por cada área sobre as mudanças e exija relatórios frequentes de rendimento.

3- Contarás com pessoal especializado

Se criar uma área específica de prevenção de perdas parece um custo muito alto para você, sugerimos que calcule quanto a sua empresa perde anualmente por conta da falta de prevenção. Certamente você verá que criar esse setor sairá muito mais barato a longo prazo do que arcar com esses prejuízos inesperados.

O setor de prevenção de perdas é uma área estratégica da indústria, responsável por realizar um verdadeiro raio-x em todo o processo a fim de identificar possíveis oportunidades de melhoria. Além disso, esse setor também contribui muito para o controle de qualidade dos seus produtos!

4- Conhecerás os tipos de perda

Existem alguns pontos principais de perda, comuns à grande maioria das indústrias. Conhecer esses gargalos é um passo importante para evitá-los em sua realidade. Confira:

  • Perdas por superprodução;
  • Perdas por transporte;
  • Perdas por fabricação de produtos defeituosos;
  • Perdas no movimento;
  • Perdas por espera;
  • Perdas por estoque.

Cada um desses pontos representa não só uma possibilidade de perda para a sua indústria, mas também a chance de melhorar os processos, aumentar a produção e a liquidez do negócio. Mantenha nossos mandamentos em sua mente e comece a agir o quanto antes!

Quer receber notícias exclusivas, direto em sua caixa de entrada? Assine agora nossa newsletter e não se preocupe, nós também odiamos spam!