Monitoramento falhas: o que as fábricas inteligentes têm feito?

Fábricas inteligentes

Monitoramento falhas: o que as fábricas inteligentes têm feito?

Em um cenário ideal, uma organização não espera que o problema aconteça para tomar alguma providência. Diferente disso, investe no monitoramento de falhas como prevenção estratégica para evitar que um problema de fato aconteça.
Para esse monitoramento, fábricas inteligentes têm investido em soluções baseadas em tecnologias avançadas, como veremos adiante, para o controle de processos e resposta à falhas.

Neste post, você vai saber o porquê da aposta nessas soluções e como elas podem ser úteis também à sua organização. Vamos lá?

A importância de buscar soluções inteligentes para o monitoramento

Fábricas inteligentes buscam soluções inteligentes. O monitoramento de falhas começa com uma equipe capacitada para acompanhar os processos produtivos visando manutenções preventivas, a correção de problemas operacionais e o máximo de aproveitamento dos recursos da organização.

Para tanto, além de vistorias junto ao chão de fábrica, é comum o uso de equipamentos como câmeras de segurança que ampliam a capacidade de monitoramento. Porém, quanto maior é a organização e a sua capacidade produtiva, mais difícil é acompanhar devidamente cada processo, mesmo com o auxílio dessa tecnologia.

Por isso, acompanhando o crescente uso da automação na produção, as fábricas também precisam apostar nesse tipo de solução para tornar seu monitoramento de falhas mais eficiente. Ou seja, é preciso buscar ferramentas inteligentes que auxiliem na prevenção e resposta aos problemas de forma mais rápida e assertiva.

Monitoramento de falhas na indústria 4.0

O conceito de indústria 4.0 é muito usado para apresentar um novo cenário baseado no uso de tecnologias de automação, controle e TI voltado para o processo produtivo. Mas isso não é tudo.

Soluções igualmente avançadas dessa nova era industrial também permitem que fábricas inteligentes conectem máquinas e sistemas, como propõe a Internet das Coisas (IoT), visando o controle de falhas.

A tecnologia, quando devidamente adaptada aos processos de uma organização, pode prever e detectar falhas, além de promover ajustes que respondam ou se adaptem a elas. Ou seja, a indústria 4.0 também impacta positivamente o monitoramento, como veremos com mais clareza a seguir.

 

Soluções de monitoramento das fábricas inteligentes

Anteriormente, mencionamos o uso de câmeras de segurança como ferramenta de apoio ao monitoramento dos processos produtivos. Essa solução ainda está presente na rotina das fábricas inteligentes, mas conta novos recursos e possibilidades.

Câmeras e análise de vídeo
A combinação de um sistema de vídeo e uma tecnologia de análise de vídeo permite a criação de soluções que interagem entre si para potencializar o monitoramento de falhas. Por exemplo, a análise em tempo real das imagens registradas pelas câmeras leva o sistema a identificar situações extraordinárias e emitir alertas ou comandos de segurança.

Drones
Essas imagens podem, inclusive, ser geradas também a partir do uso de drones que circulem pela fábrica. Em todo o caso, é possível diminuir o tempo de resposta e aumentar as chances de que a organização não sofra perdas significativas ou enfrente problemas graves a cada falha registrada.

Rastreamento baseado em IoT
Dispositivos de internet das coisas desenvolvidos para rastreamento também podem ser usados. Por meio deles, é possível detectar desvios nos procedimentos da organização ou uso de materiais, assim como identificar possíveis falhas no processo produtivo.

Gostou do post? Saiba como são feitos os serviços de automação da Alert System e conte conosco para implementar a solução ideal para o monitoramento de falhas em sua empresa!

 

Neste e-book, abordaremos o monitoramento de redes. Uma importante estratégia para que a sua empresa não apenas conheça, mas saiba como lidar com as suas vulnerabilidades.
Quer saber mais sobre como garantir o monitoramento de redes de um modo mais eficaz?