O novo paradigma da segurança do software e porque investir nisso

O novo paradigma da Segurança do Software e porque investir nisso

O novo paradigma da segurança do software e porque investir nisso

Se, há vinte anos, o desenvolvimento de softwares era exclusivo das gigantes do mercado, atualmente essa realidade mudou completamente. O barateamento dos processos de criação, teste e implementação de soluções próprias criou um novo paradigma quanto à segurança dos softwares.

Empresas de diversos portes e segmentos investem cada vez mais em soluções próprias, muitas vezes sem se preocupar devidamente com a segurança dos usuários e das informações coletadas. Essa discussão se faz ainda mais importante quando falamos em softwares de segurança.

Continue lendo e entenda melhor o assunto!

O que é o paradigma da segurança do software?

Paradigma é, de acordo com o dicionário, um conjunto das formas que servem de modelo, um padrão. A mudança de paradigma é, então, o momento de ruptura onde as práticas antigas já não acompanham, por qualquer motivo que seja, o contexto no qual ela está inserida.

Quando falamos sobre o novo paradigma da segurança do software nos referimos à seguinte questão: como conciliar a agilidade e flexibilidade exigidos pelo mercado atual com questões referentes à segurança das informações? Se antes o programa era atualizado esporadicamente e de maneira pontual, hoje essa prática é mais genérica e pode ser até mesmo semanal.

Mas, para conseguir atender às demandas dos clientes com agilidade sem prejudicar o orçamento, muitas vezes questões como a revisão dos códigos, protocolos de segurança contínua e criação de uma estrutura robusta são deixadas de lado, oferecendo brechas para que pessoas mal-intencionadas consigam agir.

Como alinhar as expectativas com segurança?

Dentro desse contexto surge a seguinte pergunta: como conciliar as exigências dos clientes por agilidade e flexibilidade no desenvolvimento de softwares sem expôr a empresa a ameaças?

Para isso é preciso investir na contratação de uma equipe treinada, ou então na terceirização dos processos, para que sejam criados protocolos de segurança e processos de controle e otimização que atendam às exigências e ofereçam a flexibilidade e rapidez necessários para garantir a evolução e a segurança dos softwares.

Metodologias como a Ágile, que engloba o framework SCRUM, são boas opções para que a sua empresa consiga atender às demandas com agilidade e precisão. Como essa mão de obra é muito cara e difícil de ser encontrada, muitas vezes vale mais a pena contar com uma parceira externa.

O custo da vulnerabilidade

Independentemente do nicho de atuação da empresa, ter os dados de funcionários, informações restritas e clientes roubados por um hacker ou vazados na internet atinge a marca muito além da questão financeira. Mais do que perder clientes, sua empresa pode perder credibilidade!

Por isso, quando pensar em desenvolver um programa/aplicativo, seja ele novo ou uma atualização, lembre-se que investir na segurança do software é comprometer-se com as informações de seus clientes e, acima disso, com o compromisso de sua marca com os públicos interno e externo.

Entre em contato com nossa equipe para entender como a Alert System pode ajudá-lo em todas as fases do projeto, desde sua concepção até a entrega final!