O que é RFID e aplicações possíveis no monitoramento

RDIF

O que é RFID e aplicações possíveis no monitoramento

O que é RFID e aplicações possíveis no monitoramento

Se você acompanha o blog da Alert System, sabe que falamos de diversos assuntos relativos à área de tecnologia e segurança. No post de hoje vamos abordar um tema cada vez mais em voga: o sistema RFID (Radiofrequency Identification), ou em português: Identificação por Radiofrequência.

Além de contribuir para a agilidade de diversos processos, principalmente no controle de estoque, essa tecnologia também já é utilizada para aumentar a segurança de empresas, acompanhar o envio e recebimento de cargas, dentre muitas outras finalidades.

Quer saber mais sobre o RFID? Então continue lendo!

 

O que é o RFID?

Para facilitar a compreensão vamos utilizar um exemplo de como o RFID pode ser utilizado. Imagine controlar o estoque de um galpão com milhares de caixas manualmente, utilizando apenas o leitor de código de barras. Certamente você demoraria muito tempo para concluir o serviço, certo?

Com o RFID implementado cada uma das caixas teria uma etiqueta de radiofrequência, capaz de emitir informações sobre as características do volume. Uma antena recebe os sinais, em seguida um transceptor os transforma em dados virtuais e, finalmente, um software interpreta e organiza as informações.

Em poucos momentos é possível listar todas as caixas presentes no depósito e suas informações específicas. Mas essa é apenas uma das maneiras de utilizar essa tecnologia.

 

O RFID na segurança

A premissa é sempre a mesma, uma etiqueta que emite sinais para uma antena e um software que as interpreta. No caso da segurança, imagine o seguinte cenário. Uma empresa onde há uma área restrita, mas nessa área há muito movimento (de cargas, caminhões e funcionários).

Ao aderir as etiquetas aos veículos e ao pessoal autorizado, o controle de acesso pode ser feito automaticamente, 24 horas por dia e 7 dias por semana. Além da praticidade, o sistema também evita falhas humanas e, aliado a um bom sistema de monitoramento, contribui efetivamente para a segurança da empresa.

 

O RFID para pagamentos

Outra funcionalidade muito interessante do sistema RFID é sua utilização na substituição de métodos tradicionais de pagamento. Imagine se, em vez de a caixa do supermercado ter que passar o código de barras de cada item da sua compra, um sensor identificar tudo em poucos segundos e dar o valor final.

Além de diminuir consideravelmente as filas essa ideia pode se desdobrar ainda mais. Isso porque, as tecnologias dos smartphones já permitem integração com esse sistema. Ou seja, o supermercado identifica todos os itens que você escolheu e cobra diretamente do seu celular, sem intermediários!

 

Rastreamento de cargas

Por fim, o rastreamento de cargas também é uma aplicação possível do RFID. Em locais onde não há energia elétrica ou internet é possível instalar algumas antenas de rádio para que acompanhem o trajeto de uma determinada carga, seja ela inerte ou carga viva.

Além da localização, as etiquetas RFID permitem que informações específicas – como a temperatura interna, por exemplo – sejam compartilhadas em tempo real. Dessa forma é possível tomar atitudes rapidamente sem colocar a carga em risco.

Você ainda tem dúvidas se essa é a melhor opção tecnológica para a sua realidade? Entre em contato com um de nossos consultores e tire suas dúvidas sem compromisso! E lembre-se de assinar nossa newsletter para receber novidades exclusivas direto em sua caixa de entrada!