Prevenção de Acidentes e Perdas em Ambiente Industrial: 7 formas de implementar a IoT e evitá-los

Prevenção de acidentes em ambiente industrial

Prevenção de Acidentes e Perdas em Ambiente Industrial: 7 formas de implementar a IoT e evitá-los

A prevenção de acidentes em ambiente industrial é algo que vem sendo alvo de investimentos cada vez maiores. Afinal, investir na área é se preocupar com a segurança dos colaboradores e prezar pela qualidade dos produtos e processos de produção.

Mas qual seria a melhor forma de prevenir acidentes em ambiente industrial? Bem, no blog da Alert System somos grandes defensores da implementação da Internet das Coisas (IoT) – como você já deve saber.

Quer saber mais sobre como a Internet das Coisas pode aprimorar o seu sistema de prevenção de acidentes na indústria? Então fique atento aos tópicos que elencamos abaixo.

Prevenção de acidentes e perdas em ambiente industrial: 7 formas de prevenir o pior com a IoT

1 – Estoque em segurança com a tecnologia IoT

Os ambientes de estoque e almoxarifado são alguns dos mais problemáticos quando falamos em monitoramento e prevenção de acidentes. Além disso, é comum que não haja um controle rigoroso em cima dos produtos de estoque.

Com a Internet das Coisas, combinada com o sistema RFID (Radiofrequency Identification), inspecionar seu estoque de forma segura se tornou muito mais simples.

Por meio do sistema RFID cada uma das caixas do seu estoque tem uma etiqueta de radiofrequência, capaz de emitir informações sobre as características do volume. Resultado? Em poucos momentos é possível listar todas as caixas presentes no depósito.

2 – Prevenindo acidentes com uma vigilância inteligente

Um dos segredos para uma prevenção de acidentes eficiente é estar por dentro de tudo o que ocorre em cada canto da empresa. A equipe de segurança deve estar sempre a par de tudo – e isso pode ser um trabalho bem difícil quando não se é onipresente.

No entanto, um sistema de vigilância efetivo e vinculado à IoT pode resolver o problema: com câmeras do tipo Network Radar Detector, pensadas para funcionarem em locais de grande circulação, o trabalho da equipe de segurança fica muito mais fácil.

3 – Localizando colaboradores através da tecnologia Beacon

O Brasil é um dos países em que mais acontecem acidentes de trabalho. Segundo dados levantados pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), o país é o quarto colocado no ranking internacional de mortes por acidentes de trabalho.

A tecnologia Beacon, no entanto, trabalha especificamente para evitar esse tipo de tragédia. Os pequenos dispositivos emitem sinais via Bluetooth Low Energy (BLE) e, por meio deles, podemos localizar um colaborador dentro de vastas áreas – seja na indústria, em áreas florestais ou minas.

4 – Acompanhamento de dados e melhoria de processos

Se você tem dificuldades em monitorar seus dados e, dessa forma, aprimorar os seus processos de produção, a IoT também pode ajudar.

Quando sensores são conectados à Internet das Coisas, os equipamentos da indústria começam a agrupar dados – o que, futuramente, irá melhorar os processos de análise.

Desse modo, a automação dos processos produtivos se torna possível. E, uma vez que esse método for aplicado, o risco de acidentes diminuirá significativamente.

5 – O reconhecimento facial como forma de prevenção de acidentes

A tecnologia de reconhecimento facial, como vertente da IoT, permite um controle de acesso muito mais assertivo em áreas restritas ou de risco. Por exemplo, cada vez que o sistema reconhece um rosto, ele pode abrir ou trancar uma porta, enviando alertas para a segurança em seguida.

6 – Drones vinculados à Internet das Coisas também podem prevenir acidentes em ambiente industrial

Não, câmeras de segurança não são exatamente uma grande inovação no mercado de segurança. No entanto, se aliadas aos drones e à IoT, elas podem fazer uma grande diferença no seu processo preventivo.

A grande sacada dos drones é o seu potencial móvel. Eles podem circular por toda a área da indústria e, assim, auxiliar nas rondas de prevenção.

7 – De olho no rastreamento de carga para prevenção de acidentes nas estradas

O sistema RFID, se aliado à Internet das Coisas, facilita o rastreamento de cargas. Com o auxílio de antenas de rádio instaladas sobre os veículos de transporte, você pode acompanhar todo o trajeto da carga. A temperatura interna da carga também pode ser medida via IoT.

Sendo assim, uma vez que a carga esteja em uma situação de risco – que será rapidamente identificada -, é possível tomar a melhor decisão para evitar grandes perdas e acidentes mais sérios.

Quer saber mais sobre prevenção de acidentes em ambiente industrial?

O que você achou do nosso post prevenção de acidentes em ambiente industrial aliada à Internet das Coisas? Para mais informações sobre essa e outras tecnologias de prevenção, segurança e monitoramento fique de olho no nosso blog.