Versionamento: sabe o que é e como ajuda na segurança do software?

A TI da sua empresa não segue uma boa metodologia de versionamento? Saiba como negligenciar esse processo reduz a segurança do software, torna o desenvolvimento mais lento e mais caro e, ainda, prejudica a empresa como um todo!

Versionamento: sabe o que é e como ajuda na segurança do software?

Garantir a segurança do software é uma necessidade crescente para o setor de TI. Isso porque, como você já sabe, a intensificação do uso de tecnologias traz benefícios, mas também riscos relacionados a falhas de segurança empresarial.

Por isso, é imprescindível adotar medidas que garantam segurança e qualidade na programação de códigos e nas operações de TI da empresa. E é para tratar desse assunto que fizemos este post para contar o que é e qual a importância do versionamento de software. Vamos lá?

O que é o versionamento de software

O versionamento de software é um processo de controle de versões que se baseiam no uso de numerações diferentes. Vamos tornar esse conceito mais claro!

Quando programadores de TI estão desenvolvendo um software, precisam lidar com códigos e fazer modificações ao longo do tempo que criam diferentes versões dessa aplicação.

O versionamento é justamente o que permite que esses profissionais tenham uma forma de identificar as diferentes versões e saber quais alterações foram feitas a cada etapa.

Para que isso funcione bem, os profissionais de TI precisam estabelecer critérios para definir a numeração. Do contrário, a falta de critério e metodologia pode expor o software a falhas e vulnerabilidades corporativas.

Quando bem feito, o versionamento possibilita que mudanças sejam gerenciadas para direcionar melhorias futuras. E, ainda, aumenta a confiabilidade e o valor do trabalho e o torna mais econômico.

Como funciona o versionamento

Existem diferentes metodologias que podem pautar o versionamento de software. Porém, o importante é que o método seja escolhido pelo profissional de TI da empresa. Desse modo, é possível garantir a criação de um sistema de fácil adequado para a natureza do seu trabalho e de fácil compreensão.

Em essência, o versionamento presume o uso de identificadores baseados em sequências e que haja uma hierarquização da numeração em ordem crescente. Assim, altera-se a versão quando necessário.

O mais comum é que os primeiros números fazem referência a alterações mais significativas, enquanto os demais remetem a atualizações mais simples. Veja:

Numeração principal: é alterada apenas quando é feita uma refatoração (modificação do sistema do software para promover melhoria na estrutura interna do código) ou mudança na arquitetura de desenvolvimento;

Numeração secundária: é a que indica a adição de funcionalidades novas ao software ou de extensões às funcionalidades já existentes;

Numeração terciária: é aquela que indica alterações que acontecem com mais frequência, como atualizações de ajustes estéticos e correção de bugs.

Qual a importância do versionamento para a segurança

O versionamento garante que não haja qualquer confusão quanto à versão do software que está sendo utilizada. E isso evita erros e retrabalhos, aumentando e eficiência no projeto de desenvolvimento e gerando economia.

Mas isso não é tudo. O versionamento também contribui para a segurança do software e, consequentemente, para diminuir a incidência de problemas relacionadas à falhas de segurança empresarial.

Por exemplo, atualizações de software podem ser feitas para corrigir problemas de funcionamento ou brechas que representam riscos para a empresa. Isso porque são situações que podem levar à perda de dados importantes.

Qualquer correção ou alteração, porém, pode vir acompanhada de novas fragilidades, sobretudo perante as crescentes ameaças do ambiente digital. Por isso, ter uma metodologia bem estabelecida ajuda a identificar as causas de eventuais problemas.

Com tudo isso, podemos dizer que o versionamento confere mais segurança e qualidade ao software e cumpre o papel de reduzir vulnerabilidades corporativas.

Sua empresa já aposta no versionamento de software? Compartilhe conosco sua experiência!